Portugal: «Temos de garantir processo positivo de integração dos estudantes»

Portugal / 15 de marzo de 2017 / Fuente: http://www.portugal.gov.pt

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, afirmou a necessidade de as universidades acolherem os estudantes com momentos de mais cultura e ciência, referindo que esta é «verdadeiramente a tradição académica».

«Temos de dar a volta às praxes e garantir um processo positivo de integração dos estudantes», disse, durante a aprestação do estudo «A Praxe como Fenómeno Social», na Universidade do Minho, em Braga.

«O que o estudo mostra é que as praxes estão enraizadas e, por isso, temos de valorizar as boas práticas de integração com mais cultura, com mais ciência», acrescentou.

O Ministro realçou ainda a preocupação com «o financiamento da indústria de bebidas alcoólicas a algumas dessas praxes», afirmando que irá trabalhar «para que a humilhação não seja uma tradição académica».

De acordo com o estudo «A Praxe como Fenómeno Social”, a maioria das associações académicas concorda com a existência de praxes e opõe-se a uma proibição da prática.

A investigação refere ainda que o Governo deve garantir o acompanhamento jurídico e a isenção de custas judiciais de todos os estudantes que pretendam recorrer à justiça para denunciar situações passíveis de serem consideradas crime e que seja criada uma linha gratuita e permanente de apoio às vítimas.

Fuente noticia: http://www.portugal.gov.pt/pt/ministerios/mctes/noticias/20170306-mctes-praxes.aspx

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *